Nosso Blog

Eflorescência causas e soluções: Patologias da construção

Eflorescência em pedra natural

O que é eflorescência?

A eflorescência é uma das patologias mais frequentes na construção civil. Os surgimentos ocorrem através de manchas brancas (sais solúveis) nas superfícies dos materiais porosos que são utilizados nas construções.

Como exemplo, temos:

  • Argamassas.
  • Blocos.
  • Concretos.
  • Pedras.
  • Revestimentos cerâmico.

A principio, sua ocorrência é a partir do contato dos sais (hidróxido de cálcio) presente nos revestimentos, com a água que se infiltrou. Além disso, a água dissolve o hidróxido de cálcio que ao evaporar se conduz até a superfície do revestimento, por fim, sofre uma reação química com o dióxido de carbono que está presente no ar.

Como resultado, dessa reação temos a manifestação de manchas esbranquiçadas na superfície dos revestimentos, assim, recebendo o nome de eflorescência.

Exemplos de causas que ajudam no aparecimento da eflorescência:

  • Areia com impurezas.
  • Fissuras nos materiais (argamassas, blocos, concretos, pedras e revestimentos cerâmico).
  • Ambiente quente e úmido.
  • Materiais com alto teor de sais solúveis.

Como evitar o surgimento da eflorescência?

A princípio, devem ser utilizados materiais apropriados, por exemplo, os cimentos. Atualmente, existem no mercado diversas opções de cimentos com composições diferentes

Nesse sentido, recomendamos o uso do Cimento Pozolânico (CP-IV), por ser, um material pouco poroso e ideal para obras que estão expostas ao contato com água corrente.

Da mesma forma, recomendamos o uso do Cimento (CP-III), por ser, um material com baixa concentração de hidróxido de cálcio em sua composição, dessa forma, evitamos o surgimento das manchas.

Sob o mesmo ponto de visto, temos:

  • Impermeabilizantes: A utilização desses materiais reduzem a absorção de água pelas argamassas e concreto.
  • Tratamento de fissuras: Realizar manutenções preventivas como troca dos rejuntes fissurados e dos selantes das juntas de movimentação danificados.

Como remover a eflorescência da superfície:

Atualmente, em lojas de materiais de construção existem removedores prontos e específicos contra a eflorescência, nesse caso, devemos respeitar as instruções para utilização do produto.

Entretanto, caso o estágio de degradação esteja avançado, recomendamos a utilização de ácidos Sulfâmico ou Acético, diluídos em 1/10 (uma parte de ácido para dez de água), em seguida, realizar a lavagem do local.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin